“O sr. está louco?”

O ex-secretário geral do PT Silvio Pereira depôs na CPI dos Bingos alternando momentos de confusão e lucidez. Não quis assinar o termo de que só diria a verdade. O senador Demóstenes Torres (PFL-GO) chegou a perguntar-lhe: “O sr. está louco?” ao que ele respondeu que esse tipo de assunto trata em família. Seu depoimento irritou a oposição, que ameaça com a criação de nova CPI (O Globo e O Estado de S Paulo).
Embora o ministro Tarso Genro tenha dito que ao governo não interessava o depoimento de Silvio Pereira, o secretário foi procurado na noite de terça-feira por um emissário do Palácio do Planalto e do PT. (O Estado de S. Paulo).

Enviado por Murillo de Aragão 11, maio, 2006 | 10:56

Tentativa de extorsão

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) entregou documentos à CPI dos Bingos revelando trechos de depoimento de Verônica Dantas, diretora do Banco Opportunity e irmã do banqueiro Daniel Dantas, à Justiça de Nova York, onde ela afirma que o governo Lula tentou extorquir “dezenas de milhares de dólares” da instituição. Como não consegui êxito, seu irmão passou a ser odiado pelo governo (conferir em O Estado de S. Paulo, O Globo e Folha de S. Paulo).

Enviado por Murillo de Aragão 11, maio, 2006 | 10:45

A imprensa e o clima político

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) mostrou documento enviado à Justiça de Nova York pelos advogados de Daniel Dantas revelando que o PT tentou extorquir o Banco Opportunity. Em depoimento na CPI dos Bingos, Silvio Pereira oscilou entre a confusão mental e a lucidez. Disse que Paulo Okamotto era conhecido no PT como “Tio Patinhas”. O ex-ministro José Dirceu é vaiado e chamado de ladrão em Minas. Lula sanciona lei eleitoral e veta proibição de uso de cenas externas no programa de televisão no horário eleitoral. O presidente indica a segunda mulher para o Supremo Tribunal Federal. Os jornais publicam a lista de parlamentares revelada PF por assessora especial do Ministério da Saúde.

Enviado por Murillo de Aragão 11, maio, 2006 | 10:38

Definição do vice

O jornal Folha de S. Paulo publica que o PFL adiou para o dia 24/05 a definição do vice de Geraldo Alckmin. Até lá, o partido espera resolver todas as pendências regionais que retardam a formalização da aliança entre os dois partidos.

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:59

Decisão antecipada

O PMDB decidiu antecipar, para 13/5, a convenção do partido para decidir sobre candidatura própria. Anthony Garotinho criticou a decisão. Sua situação no partido não está boa. O Globo diz que ONGs receberam R$ 254 milhões do Rio de Janeiro só em 2005. Itamar Franco, outro pré-candidato, gostou da antecipação.

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:58

Campanha da reeleição

O PT realiza em SP encontro nacional, que inicia hoje e vai até domingo, para lançar a campanha pela reeleição de Lula, que quer liberdade para negociar alianças. Isso significa que o PT terá de abrir mão de candidaturas em alguns estados e apoiar candidatos de outros partidos (O Estado de S. Paulo). O Globo diz que o partido inicia o encontro dividido.

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:57

1º de Maio bom

Ao chegar ao STF para a posse da ministra Ellen Gracie, Lula disse que, em vinte anos, o trabalhador vai ter um 1º de maio melhor. Segundo ele, o movimento sindical não conseguia acordos como acontece agora. O salário mínimo foi reajustado acima da inflação e os aposentados têm reajustes reais em seus vencimentos (O Globo).

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:56

Novo indiciamento

O jornal O Globo publica que o ex-ministro da Fazenda, Antonio Palocci, foi indiciado pela segunda fez em menos de um mês. Agora, ele terá que responder pelos crimes de formação de quadrilha, peculato, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. O indiciamento se refere a crimes cometidos quando o ex-ministro esteve à frente da prefeitura de Ribeirão Preto, no segundo mandato.


Para o jornal O Estado de S. Paulo o ex-ministro quer disputar uma vaga de deputado federal pelo PT, como forma de garantir foro privilegiado. O jornal publica que o assunto foi mencionado pelo presidente do PT paulista, Paulo Frateschi, e pela ex-prefeita Marta Suplicy.

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:56

Quebra de tradição

Pela primeira vez, em 177 anos de existência do Supremo Tribunal Federal, uma mulher chega à Presidência da Corte. Ellen Gracie, nomeada em 2000 por FHC, poderá substituir o Presidente da República interinamente no dia 13/05, quando Lula fará viagem exterior (Áustria) e os possíveis sucessores não deverão assumir o posto para não se tornarem inelegíveis neste ano (o vice-presidente José Alencar, os presidentes da Câmara, Aldo Rebelo, e do Senado, Renan Calheiros ¿ O Globo).

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:56

Saia justa

Os jornais dão destaque à saia justa que Lula enfrentou ontem na posse da ministra Ellen Gracie, à Presidência do Supremo Tribunal Federal. Ele teve que ouvir sem poder responder discursos com fortes críticas do presidente da OAB, Roberto Busato, e do Procurador Geral da República, Antônio Fernando de Souza, ao descrédito das instituições e das autoridades brasileiras.


Busato afirmou que a absolvição aos acusados do mensalão soa como desprezo e escárnio à Justiça. O procurador afirmou que nenhuma autoridade tem poderes ilimitados.

Enviado por Murillo de Aragão 28, abril, 2006 | 10:54